Fetiesc

FILME: Chapecó prepara-se para gravar curta-metragem sobre Dom José Gomes, o bispo da classe trabalhadora

Trabalhadores e trabalhadoras são convidados a participar das gravações que acontecem na tarde do dia 06 de fevereiro, na catedral de Chapecó

Clique aqui para seguir o canal do ‘Fetiesc Informa’ no WhatsApp

Na próxima semana, a cidade de Chapecó se tornará palco das gravações de um curta-metragem que promete eternizar a vida e o legado de Dom José Gomes, bispo emérito da região e, reconhecidamente, o bispo da classe trabalhadora. Conhecido por sua intransigente defesa dos direitos humanos e dos movimentos sociais, especialmente em favor dos mais oprimidos, Dom José deixou uma marca indelével neste mundo.

Para dar vida a essa homenagem cinematográfica, o Instituto Dom José Gomes convoca os trabalhadores e as trabalhadoras da região a participarem como figurantes nas gravações. A iniciativa visa prestar um tributo merecido a esse grande líder, cuja atuação transformou a história do oeste catarinense.

As cenas dos discursos e sermões marcantes de Dom José serão capturadas no dia 05 de fevereiro, a partir das 8 horas. Aqueles que desejam contribuir para a recriação desse momento crucial estão convidados a comparecer e serem parte integrante desta produção que busca retratar com fidelidade a trajetória inspiradora do bispo emérito.

No dia 06 de fevereiro, às 13 horas, as atenções se voltarão para a Catedral Santo Antônio, onde serão gravadas as cenas do velório de Dom José. Nesse momento crucial da trama, a participação de um grande número de pessoas é crucial para transmitir a magnitude do impacto que este líder carismático teve em sua comunidade.

A Federação dos Trabalhadores nas Indústrias de Santa Catarina (FETIESC) expressa sua gratidão antecipada aos trabalhadores e trabalhadoras que se dispuserem a fazer parte dessa produção única. “Ao unirem forças, eles contribuirão não apenas para a realização de um curta-metragem memorável, mas também para preservar a memória e inspiração que Dom José Gomes deixou como legado”, afirma Idemar Antonio Martini, presidente da entidade.

Já o professor Sabino Bussanello, assessor de formação sindical da FETIESC, destaca a importância de Dom José como um ‘profeta denunciante’ das mazelas e injustiças praticadas pelos poderosos contra as classes oprimidas e exploradas – sem terras, indígenas, pequenos agricultores e os produtores expulsos nas construções das barragens. “Suas pregações do evangelho, bem como o seu compromisso com os oprimidos colocavam na ordem do dia os conflitos sociais e os mecanismos causadores do sofrimento humano, evidenciando os seus algozes”, contribui Bussanello. 

#DomJoseGomes #TributoCinematografico #ChapecoFilma #HomenagemDomJose #BispoDaClasseTrabalhadora #DireitosHumanos #MovimentosSociais #CinemaChapeco #MemoriaeInspiracao #CurtaMetragem #FigurantesChapeco #HistoriaCatarinense #CatedralStoAntonio #TrabalhadoresChapeco #FETIESC #PreservandoLegados #CineastaChapeco #IdemarMartini #ImpactoSocial #OesteCatarinense

Imprensa Fetiesc

Imprensa Fetiesc

Adicionar comentário