Fetiesc

NEGOCIAÇÃO: Líderes sindicais preparam a pauta de negociação para trabalhadores têxteis de Santa Catarina

A coesão entre os sindicatos é essencial para assegurar avanços significativos nas condições de trabalho e benefícios para os trabalhadores têxteis

Clique aqui para seguir o canal do ‘Fetiesc Informa’ no WhatsApp

Líderes sindicais de quatro entidades associadas à Federação dos Trabalhadores nas Indústrias de Santa Catarina (FETIESC) se reuniram nesta sexta-feira (26/01) em Indaial para a reunião preparatória visando a negociação coletiva de trabalho. O encontro foi dedicado à categoria dos trabalhadores têxteis, cuja data-base para a negociação é abril.

Participaram ativamente da reunião representantes de destaque, incluindo Stephania Frainer Furlani, presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Vestuário, Couro e Calçados de Indaial; Elfi Lemke, presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Fiação, Tecelagem, Vestuário, Malharia, Artefatos de Couro, Calçados, Acabamento de Confecções, Tinturaria e Estamparia de Tecidos de Timbó (SINTEVE); José Pedro Soares, presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Vestuário, Fiação, Tecelagem e Artefatos de Couro de Jaraguá do Sul e Região (STIV); Jorge Medwed, presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Fiação, Tecelagem e do Vestuário de Rodeio (SINDTEXTIL); e Wolfgang Schumann, presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Fiação, Tecelagem, Vestuário, Couro e Calçados de Pomerode (SINTIVEPO).

Durante a reunião, foram minuciosamente elencadas as principais reivindicações dos trabalhadores e das trabalhadoras da categoria das indústrias têxteis de Santa Catarina. Entre as demandas apresentadas, destaca-se a busca por condições de trabalho mais justas, melhorias salariais e aprimoramentos nos benefícios oferecidos aos trabalhadores e às trabalhadoras.

Para Stephania Frainer Furlani, que também preside o Departamento dos Sindicatos dos Trabalhadores Têxteis-Vestuário da FETIESC, a união dos sindicatos laborais para a definição dos principais pontos da negociação coletiva fortalece a categoria e garante mais prestígio junto à parte patronal. Segundo ela, “A coesão entre os sindicatos é essencial para assegurarmos avanços significativos nas condições de trabalho e benefícios para os trabalhadores têxteis. A nossa união é a força motriz que nos permitirá alcançar resultados positivos nas negociações.”

A expectativa é de que as negociações, embasadas nas reivindicações apresentadas, avancem de maneira construtiva, garantindo melhorias substanciais para os trabalhadores do setor têxtil em Santa Catarina. As próximas etapas envolverão a interlocução direta com os representantes patronais, em busca de um acordo que atenda às necessidades e expectativas dos trabalhadores, sem comprometer a sustentabilidade das empresas do setor.

#NegociacaoColetivaSC #TrabalhadoresTexteisSC #SindicatosSC #FETIESC #CondicoesDeTrabalho #MelhoriasSalariais #BeneficiosTrabalhistas #UniaoSindical #CategoriasIndustriais #SantaCatarina #AcordoColetivo #RepresentantesSindicais #AvancosLaborais #PautaNegociacao #IndustriaTextilSC #CompromissoTrabalhadores #EmpresasSustentaveisSC

Imprensa Fetiesc

Imprensa Fetiesc

Adicionar comentário